Budva, Montenegro

Budva é uma cidade no Mar Adriático, pertencente à Riviera de Budva, em Montenegro. É muito popular por suas belas praias, mesmo que por sua vida noturna. A antiga cidade medieval, uma das cidades mais antigas do Mar Adriático, é cercada por muros e sua arquitetura, em geral, tem muitas influências venezianas: portas, janelas, varandas. Suas ruas são estreitas e existem várias pequenas praças e três igrejas principais, a mais antiga das quais data do século VII aC. As muralhas da cidade datam do século XV. Para visitar: a cidadela, a igreja de St. Ivan, a Igreja da Santíssima Trindade, o mosteiro beneditino de Santa Maria de Punta, a Pequena Sereia, a marina e o passeio marino. Você também pode visitar a ilha de Sveti Stefan, onde o hotel de luxo Aman Sveti Stefan está localizado. A praia de Budva é geralmente cheia de turistas, mas você também tem a praia Mogren 2, que é acessível por um caminho estreito.

Dicas

Se você quiser desfrutar de uma bela praia de areia, visite a praia Becici, que fica a poucos minutos da cidade. Há também um iate clube onde você pode alugar pedalinhos. Outras atividades são possíveis, como jet ski ou banana boat.

Se você gosta de cassinos, visite aquele no último andar do Splendid Hotel. Você também terá uma bela vista da cidade graças às suas instalações de vidro.

Se você vai com crianças, você tem o Aqua Park Mediteran que irá encantar toda a família.

Para os epicuristas, você pode desfrutar de belos pratos típicos com boa cerveja ou vinhos produzidos localmente.

Tallinn, Estónia

Tallinn é a capital e principal porto da Estónia; localizada na costa do Golfo da Finlândia, fazendo parte do Mar Báltico. A cidade contém vestígios de diferentes períodos que variam do medieval ao clássico. O centro histórico, muito bem preservado, é património mundial da UNESCO. As paredes que o cercam são do século XIII e há várias torres. A torre de Margarita (século XVI) agora abriga o Museu do Mar. A cidade velha é entre a Cidade Baixa e a colina de Toompea ou Cidade Alta, onde encontramos a sede do Parlamento no castelo. Para ver: o Convento de Pirita, a Praça da Câmara Municipal, o Museu ao ar livre da Estónia, a Catedral Alexandre Nevski, a Catedral de Santa Maria, a igreja de São Olaf, a Igreja de São Nicolas, a Praça da Liberdade; entre outros. O porto da cidade também recebe muitos turistas graças aos navios de cruzeiro que o colocaram em seus itinerários. O castelo de Kadriorg, 2 km a leste da cidade velha, abriga a residência presidencial e o departamento de arte estrangeira do museu de arte do país. Desde 2013, Tallinn conta com um sistema de transporte gratuito para os residentes.

Dicas

Um lugar interessante para ver é a farmácia mais antiga da Europa ainda ativa (século XV) situada na Praça da Câmara Municipal. O prédio que abriga a Biblioteca Nacional e a porta localizada no 38 da rua Pikk, são outros lugares que valem a pena visitar.

Você pode desfrutar da sua visita e pegar um ferry para Helsínquia, a apenas 2 horas da cidade. Um ônibus para São Petersburgo ou um trem noturno para Moscou.

Catedral de São Vito, São Venceslau e São Adalbert, Praga, República Checa

A Catedral de São Vito, São Venceslau e São Adalbert está localizada em Praga, na República Checa e é a sede do arcebispo da cidade. É a maior e mais importante igreja no país, localizada no interior do Castelo de Praga. Henry the Fowler ofereceu ao Duque Wenceslas 1 a relíquia de São Vito em torno do ano 925 e é para abrigar-lo que o duque Venceslau construíou uma igreja em um lugar de culto pagão dedicado à deusa mitologia eslava da vida (Siwa). Em 973, a igreja foi escolhida como a sede do bispado e, em 1060, uma basílica romana é construida. Através dos séculos, a igreja original prende a forma do que é hoje, uma igreja principalmente gótica. A Capela de São Venceslau contém o túmulo do santo, é decorada com murais no topo, representando a vida do santo e na parte inferior há pedras semi-preciosas. As jóias da coroa estão bloqueadas na capela. Há também a cripta de enterro dos reis checos, que contém os túmulos de Charles IV, Wenceslas IV e Rodolfo II. São João de Nepomuk tem um túmulo em prata. Os vitrais datam principalmente do século XX . O Zygmunt (o maior campanário Checo, 1548) está na torre sul. Há também uma bela cruz monumental, de madeira, que data de 1899.

Dicas

Não deixe de subir a torre sul de onde se pode ter uma bela vista panorâmica da cidade. As visitas guiadas na catedral são organizados pela Administração do Castelo de Praga, mas você não pode apenas comprar a visita à Catedral, esta visita será incluída através da compra de um dos dois passeios oferecidos. Os bilhetes estão à venda no Centro de Informações. Há descontos para crianças e adolescentes com menos de 16, idosos acima de 65 anos e famílias.