Castelo Karlstein, República Checa

O Castelo Karlstein (Karlštejn Hrad), localizado a 30 km de Praga, é um dos maiores castelos da Bohemia. Foi fundado por Charles IV para manter as jóias da coroa imperial do Sacro Império Romano Germánico, a Coroa Real dos estados de Bohemia e várias relíquias sagradas. O castelo original foi de arquitetura gótica, mas depois de ser abandonado mais de um século, muitos elementos góticos foram substituídos por outros tipos do Renascimento. É conhecido como o castelo mais visitado na República Checa. Ele tem 5 níveis, com várias torres e a grande masmorra de 60m.

Dicas

Prepare-se para uma caminhada de cerca de 20 minutos para chegar lá porque o acesso de carro chega até o estacionamento do caminho principal, o resto da subida deve ser feito a pé. Não deixe de visitar a Capela da Santa Cruz, que fica no alto da torre. Geralmente deve fazer uma reserva para visitar por causa do grande afluxo de turistas. Tem 4 janelas en forma de gemas, janelas parcialmente com vidros, uma abóbada nervurada e afrescos que retratam a vida de Cristo e 129 pinturas de santos assinados por Teodorico. Há também um poço a uma profundidade de 80m, onde a subida e descida do balde eram fornecidos por uma roda anteriormente operada por pessoas a pé. É possível reservar um tour em diferentes idiomas. Para visitas em checo, alemão ou inglês não é necessário.

O Algarve, Portugal

O Algarve é uma região localizada no sul do Portugal continental que possui Faro como capital administrativa. O rio Guadaiana o separa da região espanhola da Andaluzia. Existem duas regiões; Barlovento (a parte ocidental), tendo Faro como a maior municipalidade e Sotavento (parte oriental) com Portimao como principal município. A costa da região é de cerca de 155 km de extensão e tem cavernas abertas na pedra calcária, com mais quantidade perto da cidade de Lagos. É uma região muito apreciada pelo turismo porque há belas praias e seu clima mediterrâneo torna ainda mais atraente e muitos europeus possuem sua segunda casa, especialmente os habitantes da Grã-Bretanha, por isso é bastante comum ouvir falar inglês e assistir televisão e ler jornais em inglês em hotéis ou restaurantes. Além das praias, há também as Caldas de Monchique. Tem ruínas e monumentos que datam de diferentes períodos, como o período romano ou o período do domínio muçulmano. A gastronomia da região é rica em frutos do mar e peixes, figos e amêndoas são amplamente utilizados em pastelarias e há vinhas que produzem o vinho da região bastante apreciado pelos conhecedores.

Dicas

Se quiser explorar a região, a melhor época do ano é entre junho e setembro. A precipitação freqüente é entre outubro e fevereiro.

Desfrute de um dos pratos típicos da região; as sardinhas.

Você pode alugar um apartamento ou escolher um hotel em uma cidade turística como Albufeiras e de lá visitar a área.

Você também pode fazer excursões para visitar vinhedos e degustações.

Santillana del Mar, Cantábria, Espanha

Santillana del Mar é um município e uma cidade autônoma, na costa oeste da Cantábria, Espanha. É uma das aldeias turísticas mais visitadas da região; grande parte dos moradores da cidade vivem do turismo, especialmente em hotéis, alojamentos rurais e lojas de produtos típicos. O centro histórico é organizado em torno de duas ruas principais que terminam nos respectivos lugares. A primeira rua leva vários nomes (Carrera, Cantão, e del Rio) e vai dar-se à praça religiosa, o primeiro centro da cidade, que dá acesso ao Colegiado. É dividido em dois: na frente da Igreja Colegial, temos a Plaza del Abad Francisco Navarro e ao seu lado é a Plaza de las Arenas. Estes são ruas de paralelepípedos. O centro histórico é composto de edifícios de pedra homogêneas, principalmente a partir dos séculos XIV para o XVIII. Para ver: o Palácio Valdivieso (Altamira Hotel hoje), o Palácio de Velarde ou Arenas (transição da construção do gótico ao renascimento); a Igreja da Colegiada de Santa Juliana e seu claustro de 42 capitais românicos; a Torre Merino (XIV); o Convento de Santo Ildefonso, entre outros. Também encontramos muitas casas que têm os brasões das famílias a que pertenciam.

Dicas

Santillana tem um albergue para peregrinos no centro, utilizado no Caminho de Santiago e um número de hotéis, incluindo o Parador nacional Gil Blas. Ele também tem uma área de camping.
Outro lugar interessante para visitar é o Jardim Zoológico e Jardim Botânico que além dos animais, tem um jardim de borboletas, um lugar com cobras e um espaço chamado Parco Quaternário, onde há réplicas de animais que viveram na cidade em tempos dos moradores de Altamira. La grota de Altamira, famosa mundialmente por suas pinturas pré-históricas, infelizmente, está fechada ao público.