Torre de Londres, Londres, Inglaterra

A torre de Londres é uma fortaleza histórica situada na margem norte do Rio Tamisa em Londres, Inglaterra. A torre está localizada no bairro Tower Hamlets a leste da cidade de Londres, em um espaço conhecido como Tower Hill. Sua construção começou em 1066. ao tempo da conquista normanda da Inglaterra. William o conquistador, em 1078, construiu a Torre Branca (White Tower) que deu seu nome ao castelo. Logo em 1100, foi usado como uma prisão enquanto ele serviu como residência real e grand palácio. Houve várias fases de expansão, mas foi principalmente formado por vários edifícios rodeados por duas muralhas concêntricas e um fosso. A torre serviu como um arsenal, pequeno zoológico, tesouraria, receveu a Royal Mint, os arquivos e as jóias da coroa britânica. 112 pessoas foram executadas durante um período de 400 anos ao norte da torre. Durante as duas guerras mundiales a torre foi usada como uma prisão novamente, e mais 12 execuções tiveram lugar. A torre foi reparada após da Segunda Guerra mundial e foi reaberta ao público, sendo classificado no Patrimônio Mundial da UNESCO. A torre, que controlava o tráfego sobre o Tâmisa, têm três muralhas. É um lugar de interesse essencial para milhões de turistas que visitam a cidade.

Dicas

Se você comprar o bilhete na Internet, você vai pagar um pouco menos do que se faria no local. Vai ser bom para uma semana a contar da data de compra. Você também será solicitado a fazer uma contribuição para reparos do lugar e sua manutenção porque o site não recebe nada por parte das autoridades; é uma organização ( Historic Royal Palaces Enterprises Ltd) que opera apenas com o que eles ficam com a visita de turistas e suas doações. Eles também travalham com outros locais históricos.
Você também pode alugar áudio-guias em línguas diferentes.
Conta com 5 lojas que oferecem produtos diferentes do site e também existem cafés e restaurantes para desfrutar de um dia inteiro.
Há uma lenda que diz que o reino acabará se alguma vez os corvos residentes deixaram a torre de Londres, você também poderá admirá-los durante a sua visita.

Castelo Boldt, Ilha do Coração, Alexandria, Nova Iorque, Estados Unidos

O Castelo Boldt está localizado na Ilha do Coração no arquipélago Ilhas, no rio São Lorenzo ao longo da fronteira norte do estado de Nova Iorque; pertencente à cidade de Alexandria. Isto é um local turístico muito importante e famoso. O milionário George Boldt, CEO da Waldorf Astoria em Nova York e gerente do Bellevue-Stratford, na Filadélfia, e sua família costumava ficar no verão, em uma casa de campo na área, perto das fazendas, na ilha de Wellesley. Ele amava a área e decidiu construir um castelo para sua amada esposa; Louise. A família Boldt tem dado o trabalho a GW & WD Hewitt empresa de arquitetura para construir um magnífico castelo de 6 andares com jardins italianos, campos de ténis, campos de golfe, estábulos, campo de polo e outros quatro edifícios na ilha do Coração; com um abrigo para iates em uma ilha nas proximidades, da que eram também os proprietários. Ele queria dar este monumento à sua esposa no Dia dos Namorados, mas infelizmente ela morreu em 1904 devido a problemas cardíacos. Após esta tragédia, o milionário decidiu parar tudo … Depois de 73 anos, a Administração da Ponte das Mil Ilhas comprou a Ilha do Coração e o abrigo de iates nas proximidades em 1977 por um dólar com o acordo que todos os rendimentos do funcionamento do castelo seria reservado para a restauração. A restauração levou vários anos e a construção original foi melhorada com mármore, uma cúpula de vitrais e trabalhos em madeira da escadaria; inovações contemporâneas que têm embelezado o castelo ainda mais. A maioria dos quartos estão decorados com objetos contemporâneos. Nos quartos não mobilados do castelo há exposições que mostram imagens e artefatos feitos no arquipélago das Mil Ilhas no momento em que a Boldt viveu lá. A ponte que liga as duas margens pode ser levantada e baixada, conforme necessário.

Dicas

O castelo pode ser visitado pagando o ingresso em dólares com uma boa taxa de câmbio para os canadenses. O preço inclui a passagem de transporte para o cais de navios da família, onde 4 barcos que lhes pertenciam estão em exibição. É acessível por balsa ou barco de passageiros a partir de Alexandria Bay ou Gananoque, Rockport e Ivy Lea, todos os três em Ontário. Você deve passar o Escritório de Serviços de Alfândega e da protecção das fronteiras dos Estados Unidos por isso você deve fornecer a devida identificação.

Galeries Lafayette Haussmann, Paris, Francia

A loja de departamentos Galeries Lafayette Haussmann, em Paris, no Boulevard Haussmann, no nono distrito, pertence ao ramo da Galeries Lafayette / Nouvelles Galeries Lafayette Grupo Galeries. Em 1894, os primos Théophile Bader e Alphonse Kahn abriu Galeries Lafayette como uma loja de novidade e atrai funcionários de escritórios em forma rápida e pequenas e médias burguesia e depois de dois anos e com o tempo, o comércio começou a ampliar-se. Em 1912, a nova loja foi inaugurada com a cúpula, Art Nouveau, em vidro e coroado por dez pilares de concreto com o seu ponto massimo localizado 43 metros acima do solo. Ele contou com 5 andares com varandas, 96 postos de venda, uma sala de chá, salão de cabeleireiro e uma biblioteca. Ele consiste em partes de dez vitrais, fechado em uma armação de metal esculpido com motivos florais e tem um terraço de onde você pode ver Paris e a Torre Eiffel. As janelas são todas importantes para criar nos clientes, o desejo de comprar. Desde 1958, a loja lança ‘o 3j “, que é uma venda a preços excepcionalmente baixos por três dias que persiste até hoje. Atualmente, encontramos uma grande quantidade de marcas de prestígio, uma área de 3.000 metros quadrados dedicados à venda de sapatos, uma grande área dedicada a perfumes e produtos de beleza, uma grande adega e uma loja inteira que atrai clientes de todo o mundo serndo os chinês, os primeiros compradores do mundo, por isso há pessoal especializado que fala cantonês e mandarim e conta com uma seção que recebe aos outros visitantes asiáticos com o pessoal que falam línguas diferentes (tailandesa, japonesa, etc. ). No total, há 5 outras lojas no mundo: Casablanca, Dubai, Berlim, Jacarta e Japão.

Dicas

Várias estações de metro se encontram próximas das galerias : Chaussée d’Antin-Lafayette, Auber e Havre-Caumartin.
Mesmo se você não gosta muito de compras, uma visita vale a pena para olhar a bela estrutura do edifício.