Bem-vindo ao Tips-and-travel

No nosso blog e em nossa página no Facebook

O objetivo de sua criação é, precisamente, dicas de viagem e intercâmbio entre os amigos da página, “dicas” que foram coletadas por meio de nossas viagens, trocar experiências, fazer conhecer lugares  através de fotografias, em suma, tudo o que poderia ser útil para aqueles que planejam uma viagem.
Quando você vai a uma agência, geralmente não tem todo o tempo necessário para perguntar tudo ao agente; se você está procurando na net, não se sabe se tudo o que eles dizem é o que realmente você  encontrar no destino então quê  melhor do que nosso próprio testemunho?
Temos pessoal com experiência na área,  a quem podemos  fazer as nossas perguntas, pequenas empresas locais que gostariam de dar-se a conhecer, bed and breakfast, hotéis, pousadas, apartamentos em todos os lugares e organizar viagems solo ou em grupo, excursões,  etc.
É um grande desafio e nós faremos o nosso esforço para tornar a nossa idéia funcional claro que contando com a  sua interação.
Divirta-se e sinta-se livre para participar e espalhar a palavra aos amigos e à família.

Cetona, Siena, Toscana, Itália

Cetona é uma comuna italiana na província de Siena, Toscana, que desde 2001 está incluída na lista das mais belas cidades italianas. Você pode ver a Piazza Garibaldi no meio da cidade com um palácio importante com um aviso dizendo que Garibaldi e sua esposa ficaram lá em 1849. Você também pode encontrar duas igrejas interessantes; Santa Maria da Anunciação que foi integrada com as casas da cidade, com sua rica obra de arte interior que data do século XII e a igreja do Arcangelo São Michel, que é diretamente oposta à outra igreja; fundada em 1155. Há também uma fonte de pedra na praça. Você pode encontrar a Torre Rivellino, que é um remanescente da parede de defesa de Cetona; na verdade, esta torre hoje em dia é uma das entradas para o centro histórico. Para ver: o edifício do governo, a Igreja da Santíssima Trindade, o Convento de São Francisco, o Museu Cívico, entre outros.

Dicas

Se você visitar Cetona em abril, você verá um festival muito bonito; Cetona em flor, o 25 de abril. A praça está cheia de flores e muitos jardins privados estão abertos para uma visita. Existem também diferentes atividades para toda a família.

Outro evento interessante ocorre no final de julho a início de agosto com a Carreira do jarro, onde homens e mulheres competem em uma corrida carregando jarros de água de diferentes pesos ao redor da praça e tentando de não perder água.

Aproveite a oportunidade para visitar o Belvedere do Archeodromo, um parque fora da cidade. É muito interessante porque é um parque arqueológico. É bom para visitar com as crianças.

As ilhas de Magdalena, Quebec, Canadá

As ilhas de Magdalena são um arquipélago canadense localizado sobre o centro do Golfo de San Lorenço pertencente ao Quebec. É uma área de dunas com apenas um 25% de florestas, há quilômetros e quilômetros de praia. No sul do arquipélago existem duas ilhas mais importantes; ilha du Havre Aubert (habitada pelos falantes de francês) e Ilha de Entrada (habitada por falantes de inglês). As ilhas do arquipélago estão na sua maioria ligadas por quatro dunas longas e duas pontes. Há aproximadamente 200 espécies de aves que freqüentam o arquipélago anualmente. Entre o 1 de Maio e 15 de Agosto, é recomendado de evitar as áreas de reprodução identificadas com sinais. Também encontramos várias espécies de focas e algumas baleias e golfinhos. Há uma mina, a Seleine, que extrae sal para usar no degelo das estradas.

Dicas

É um bom lugar para tomar umas ferias tranquilas, mas com a posibilidade de fazer muitas atividades, como natação, vela, windsurf, kite surf, caiaque, passeios de barco, mergulho, equitação, golfe, entre outros.
Você também pode desfrutar da gastronomia das ilhas e seus produtos locais.
Se você gosta de museus, visite o Museu do Mar.

Victoria and Albert Museum, Londres, Inglaterra

O Victoria and Albert Museum (“V & A”), é um grande museu de artes e ciências no coração de South Kensington, em Londres, em um lugar conhecido como Albertopolis. Foi criado em 1851 como o Museu de South Kensington. Foi construído em terrenos adquiridos através de lucrosfeitos durante a Feira Mundial de 1851, concebido para reunir vários museus e instituições educacionais destinadas a fazer convergir à educação, indústria, ciência e arte, principalmente dedicadas aos produtos industriais e artesanato. Em 1880, a coleçao do Ministério da India fói incorporada ao museu. As artes decorativas são a especialização da coleção do museu com uma grande variedade de objetos de diferentes épocas. Também incluído o cristal, a cerâmica, os vestidos de alta moda e acessórios, móveis, tapeçarias, talheres, brinquedos, estátuas, etc.; com aproximadamente 4,5 milhões de objetos.

Dicas

Está aberto diariamente e a entrada para o museu é gratuita, mas às vezes há exposições que requerem um acesso pago.
Você pode chegar lá por transportes públicos para a Estação Earl’s Court com o metrô e depois você tem um ônibus regular com uma frequência de 3 minutos, que deixa você na porta ou você também pode fazer uma caminhada de 20 minutos.
Se você pretende passar o dia no museu, você tem duas lanchonetes, um no interior e outro no jardim (fechado em dezembro e janeiro), onde você pode ter uma refeição quente ou fria completa ou apenas uma bebida e um bocadinho.
Você pode trazer sua câmera e fazer fotos em quase todo o museu, exceto nas exposições temporárias.