Transporte público em Paris, França

Paris, a cidade mais visitada do mundo, com 45 milhões de turistas por ano e uma das mais fáceis de andar de transporte público.
Existem 14 linhas de metrô + RER (rede expresso regional) + ônibus.

Dicas

Se você manteve bilhetes verdes ou amarelos de uma viagem anterior, eles ainda são válidos. Bilhetes de metro são bons para duas horas se você não sair da rede e se deve continuar de ônibus, você vai precisar de outro bilhete.

O Noctilien: Se o metrô já está fechado, se você perdeu o último, não se preocupe, tem esse ônibus para aqueles que gostam de andar de noite em Paris; 00:30 – 05:30.

O Balabus: linha especial que lhe dá a oportunidade de conhecer a cidade de leste a oeste. De Gare de Lyon ao Grande Arche de la Defense. Va só de abril a setembro. O custo é 1 a 3 bilhetes de metro, dependendo a distância percorrida. Você vai passar a Bastilha, a ilha de St. Louis, Notre Dame, o Louvre, Les Invalides, a Torre Eiffel, Champs Elysees, etc.

A rede ferroviária RER cobre uma grande parte da ilha-de-France. Se a sua estação RER está ligada ao metro, o mesmo bilhete será válido.

Monastério Cozia, Roménia

O Monastério Cozia foi construído pelo governante Mircea cel Batran em 1388 no vale de Olt e é o local para seu túmulo e um dos monumentos mais marcantes da arte medieval nacional na Roménia. O edifício teve várias modificações; eles adicionaram um alpendre, uma capela, uma nova fonte e uma torre de guarda, além de sua arquitetura original em estilo brancovien. O mosteiro é coberto com afrescos que foram feitas entre 1390 e 1931. É o único mosteiro em estilo bizantino de toda a Romênia. Há outros restos primitivos bizantinos nas decorações murais facetas com rosetas de pedra originais e quadros. Há também duas cúpulas bizantinas que são refletidas no rio de Olt.

Dicas

No museu mosteiro você pode ver manuscritos antigos, bordados e objetos de culto.
Dentro da igreja, você pode ver a representação de Mircea cel Batran e filho (perto da entrada).

Galerías Pacífico, Buenos Aires, Argentina

Galerías Pacífico é um dos maiores e mais tradicionais centros comercial de Buenos Aires. Esse é dos mais freqüentados pelos turistas, o centro comercial fica a casa para as marcas internacionais de prestígio, tem uma grande área pela restauração e o prestigioso Centro Cultural Borges está localizado em uma área do prédio. Ocupa um quarteirão inteiro e as ruas ao seu redor são Florida, Córdoba, San Martín e Viamonte. O edifício foi construído em 1881 como um local comercial para a loja ‘Au bon marché’ nesse momento, uma das mais importantes na capital Argentina, ele recebeu desde 1896 a primeira sede do Museu de Belas Artes, hoje localizado em outro lugar. No ano 1908, uma parte do edifício foi vendida para a Buenos Aires Pacific Railway, daí seu nome atual. O emblema de Galerías Pacífico foi criado em 1945 e ao mesmo tempo construíram a magnífica cúpula com murais dos prestigiosos mestres, Antonio Berni, Juan Carlos Castagnino, Lino Spilimbergo, Demetrio Urruchúa e Manuel Colmeiro, sendo este último o único estrangeiro. Em 1989 o edifício foi declarado monumento histórico nacional e foi completamente renovado e transformado em um centro comercial de luxo. O projeto foi feito pelo arquitecto Juan Carlos López. Nesse momento, quatro murais de artistas argentinos foram incorporadas: Roux, Alongo e Josefina Robirosa. Sua bela arquitetura e as obras que contém fazem que os turistas considerá-lo um dos melhores shoppings do mundo.

Dicas

Não esqueça sua câmera quando você visitar este shopping porque vai se arrepender profundamente. É um dos poucos lugares comerciais onde comprar continua a ser a segunda opção frente a tal beleza artística.
Você pode aproveitar a visita à várias coisas que também não tem nada a ver com compras. Este centro comercial tem uma sala de concertos e uma sala de exposição agora vá para o centro de informações para obter mais informações sobre o que está acontecendo no momento da sua visita, especialmente se você gosta do tango, porque os shows de tango são muito procurados pelos turistas.
Você também irá encontrar caixas eletrônicos se você precisa retirar dinheiro da sua conta bancária mesmo como lugares para fazer chamadas internacionais ou conexão com a Internet.
Se você ainda não conhece os “alfajores” (doce típico argentino), tome seu tempo e desfrute de um bom café, no café chamado “Havanna” (uma das marcas registradas dos alfajores também) que, de acordo com a maioria, são os melhores.